domingo, 15 de fevereiro de 2009

Batalhão de Bacamarteiros: A Força da Cultura Popular

















Por volta de 1780, surgiu um grupo no qual os negros dos Engenhos de cana-de-açúcar do Vale do Cotinguiba brincavam samba-de-roda e atiravam com uma arma artesanal conhecida como Bacamarte. Atualmente o Batalhão de Bacamarteiros possui 60 integrantes, entre homens, mulheres e crianças. Os instrumentos musicais são fabricados com a madeira do jenipapo, couro de animais e sementes.


Para fabricar a pólvora, é utilizado o carvão produzido à partir da umbaúba, cachaça e enxofre. Durante os festejos juninos acontece o ritual do Pisa Pólvora, para comemorar os Santos do mês. A musicalidade e a o ritmo contagiante encantam todos que assistem as apresentações do grupo pelo país.


O Batalhão de Bacamarteiros exibe a riqueza da cultura africana disseminada por nossa região e é uma marca inconfundível da cultura de Carmópolis. Atualmente o Batalhão se apresenta nas festas juninas embelezando nosso um município com o colorido das roupas com o barulho dos tiros e a graciosidade da dança e dos repentes. Nas ruas, o colorido especial das bandeirinhas, balões e fogueiras enfeitaram a cidade.
As famílias se empenharam na decoração para participarem do concurso da rua mais arrumada, que teve como grande vencedora a Rua Luis Maciel Brito.


O Batalhão de Bacamarteiros, maior manifestação cultural do município, deu um show durante o percurso que liga o povoado Aguada a Carmópolis, e o desfile continuou pelas ruas do município, chegando ao Arraiá do Carmo com muito forró pé-de-serra, encerrando as festividades com chave de ouro.


Ana Paula Torres Santana
Fernanda Mara Nascimento Pereira Lima
Josefa dos Santos
Kátia Santana Martins

8 comentários:

Paula Cavalcante disse...

Trabalhei na região do vale do Cotinguiba, durante 3 anos, e senti na pele a emoção que a força da cultura popular provoca.

K@llyne Mota disse...

Muito interessante os temas abordados no blogger. Está muito bem elaborado!

Kallyne Mota - FSLF
(Pedagogia - 4º Período)

Gouveia disse...

Gostaria de solicitar, se for possível, a apresentação de endereços onde possamos adquirir material visual (vídeos) sobre Reisado em Sergipe. Preciso desse material para trabalhar com alunos.

Evelyn disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Evelyn disse...

Profº Marcos Vinicius o blog está maravilhoso,e as aulas do senhor tambem são nota 10,to amandoOoOoO Evelyn (FSLF-CURSO DE LETRAS 1º PERÍODO)Beijoss

Andrea Herminia disse...

As pesquisas estão belíssimas por traduzirem com esmero fragmentos da apaixonante cultura sergipana, tão carente de divulgação e reconhecimento pelo nosso povo! Parabéns!

Profa.: Suzy Dayse - Consultoria e Cursos disse...

parabéns Prof. Marcos, por difundir nossa cultura. Abraço Suzy Datse

wenyakessy disse...

Adorei,legal falar sobre a cultura de sergipe.....